Convalida Biglietto | O dia que eu esqueci de convalidar o bilhete de trem!

Como tudo tem uma primeira vez, essa foi a minha rs! Rolou desespero mesmo sabendo o que fazer? Com certeza! Mas deu pra resolver? Obviamente.

Um belo dia resolvi pegar um trem para conhecer Foligno, cidadezinha pequena (cerca de 50 mil habitantes) próxima de Perugia. Acontece que na volta comprei o bilhete e me esqueci de fazer a famosa convalidação. A verdade é que sempre tento prestar o máximo de atenção em relação à isso, até porque a multa é bem salgada. Mas esse dia me passei… Realmente não sei o que aconteceu. Distração!

IT-18 844
Estação de trem de Foligno.

Basicamente entrei no trem, procurei um lugar e sentei ainda segurando o bilhete na mão. Quando ele arrancou e olhei para as minhas mãos veio na hora o pensamento: “Alana, tu esqueceu de convalidar o bilhete!!!”. Pronto, caos instaurado rs. Desespero já pensando nos euros indo embora da minha carteira kkk.

Nesse tipo de situação há – teoricamente – duas maneiras de resolver. Ou você mesmo pega uma caneta e escreve onde pegou o trem, que horas são no exato momento e a data completa OU vai atrás de algum fiscal que esteja dentro do trem para ele fazer isso para você. Assim, quando ele passar pelo seu vagão, já sabe do ocorrido.

IT-18 845
O bilhete “convalidado” pelo fiscal com caneta.

Devo dizer que ultimamente todas as vezes que andei de trem presenciei fiscalização.  Realmente o controle está muito maior que nos anos anteriores, estão passando em todos os vagões e inclusive em viagens pequenas.

Bom, então como eu fiz? Sabendo que o trem estava saindo de Foligno (não vinha de outra estação) imaginei que o fiscal pudesse estar no primeiro vagão esperando o trem partir. Bingo, fui até lá e ele estava. Expliquei a situação, ele fez graça enquanto escrevia no bilhete e ficou tudo certo. Claro que isso se resolveu de forma tranquila pois fazia no máximo cinco minutos que o trem tinha partido, se eu procurasse ele meia hora depois duvido que ficaria tudo tão bem rs.

Apesar de estar explicando isso para vocês não garanto nada caso aconteça situação parecida com alguém, a autoridade do fiscal dentro do trem é “lei”. Escrevo aqui apenas uma sugestão que eu utilizaria se não tivesse achado o fiscal. Vejam que minha primeira atitude foi ser honesta e buscá-lo. Acho que é sempre o melhor a fazer. Aproveito para reforçar que normalmente os fiscais ficam nos primeiros vagões dos trens. Por quê? Pois começam a fazer a fiscalização do início do trem para o final.

Enfim, fica a dica e a experiência registrada. Espero ter ajudado de alguma forma,

beijoca.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s