O que fazer em Siena em 1 dia!

Eu sei que todas as cidades italianas quando visitadas pela primeira vez parecem incríveis, mas Siena foi uma das que me surpreendeu de verdade com sua beleza (não esperava que fosse tão linda arquitetonicamente falando) e me fez experienciar um mix de cores, ares e visuais Toscanos únicos… Além de contar como foi meu dia e o que visitei, deixo algumas dicas e sugestões para quem decidir incluir Siena no seu roteiro de viagem!

IMG_1248
A cara da felicidade no topo do que era para ser a fachada da “nova catedral” – um plano inacabado que hoje revela um panorama de 360 da cidade!

Foi passar pelos muros medievais que rodeiam o centro histórico para me sentir “submergindo” a uma das atmosfera mais especiais e bonitas que eu já vi pela Itália! A animação dos jovens pelas ruas (muito por conta das importantes e antigas universidades na cidade), o centro relativamente pequeno e de acessível circulação, a paleta de cores dos prédios antigos, as vitrines, uma catedral belíssima e boas opções de comida de rua (baratas e gostosas) são alguns dos pontos que me fizeram amar passear por Siena e ao mesmo tempo morrer de vontade de voltar em breve!

IMG_1291
Fim de tarde com essa luz rosada mesmo sendo inverno. Obs.: Siena foi construída sobre três colinas, então prepare-se para algumas subidas e descidas!

Como chegar? Eu estava hospedada em Florença e acabei indo de trem, mesmo não sendo o mais recomendado. Escolher o trem significa caminhar uns 30 minutinhos até o centro histórico, o que pode ser cansativo ou trabalhoso – caso você esteja com malas, por exemplo. Para mim, que queria passear e conhecer não só o centro histórico da cidade, foi ótimo! Então fica a dica: a maneira mais prática é ir de ônibus! São duas linhas, a 131R (rápida) e 131 A/R (comum); pelo que eu entendi uma faz o caminho direto e a outra demora um pouco mais pois para em outra cidades. O custo é do bilhete é de €7,80, mas se deixar para comprar dentro do ônibus será €12 – então compre em alguma tabacchi!! Para acessar a página da empresa com todas as informações da linha Florença-Siena clique aqui. Considerando que o bilhete de trem está custando ali pelos €9 euros e a parada para pegar o bus é praticamente do lado da estação Santa Maria Novella, a veredito é: vá de ônibus caso você esteja saindo de Florença!

IMG_1036
O centro histórico é murado e essa é uma das muitas vielas que levam às ruas principais.

O que visitar primeiro? Se você vai passar apenas um dia em Siena e chegou bem cedinho, eu recomendaria primeiro de tudo caminhar tranquilamente em direção à Piazza del Campo – o lugar mais tradicional e conhecido da cidade. A praça em formato de “D” (levemente inclinada) é um show a parte, o símbolo de Siena… Quando eu a vi pela primeira vez fiquei impressionada, é única. Automaticamente pude imaginar um cenário medieval, vida acontecendo ali centenas de anos atrás. A parte boa é que se você quiser, pode sentar no chão e ficar tranquilo admirando; o lugar é democrático, bom para  tomar um cappuccino pela manhã, descansar depois do almoço, pegar um solzinho, papear etc.

IMG_1044
Um pouco depois de almoçar escolhi sentar (deitar e tirar um cochilo também haha) na praça para experimentar o tradicionalíssimo doce chamado Panforte – nem deu tempo de tirar foto.

Falando em Panforte tenho duas sugestões de doces para experimentar em alguma Pasticceria da cidade: o primeiro é o Panforteum doce feito com amêndoas, mel, frutas e especiarias e lembra o aspecto do pé de moleque, uma delícia! O segundo é o Zucotto, um bolo recheado de creme, avelãs, amêndoas e chocolate. Quando estiver caminhando pelas ruas procure um lugar para apreciar os dois, são excelentes e fabricados na cidade há muuitos anos.

Voltando a Pizza del Campo, é importante dizer que ela é conhecida mundialmente por ser palco da famosa corrida de cavalos “Palio de Siena”. A festividade ocorre 2 vezes por ano, desde o século 17, e consiste numa competição entre bairros. Cada bairro tem um representante com cavalo, que participa de algumas seleções, sendo que no final apenas 10 cavalos competem. São duas corridas, com trajes e caracterizações medievais, uma em julho e outra em agosto. O cavalo que der as três voltas na praça mais rápido, ganha.

IMG_1258
O principal símbolo da Piazza del Campo: o Palazzo Pubblico (hoje prefeitura).

Uma outra dica interessante do que fazer é visitar o principal prédio da praça: o Palazzo Pubblico. Construído entre 1297 e 1310, é um exemplo da arquitetura medieval italiana com influências góticas. Reparem que o piso baixo é de pedra (mármore branco), enquanto os pisos superiores são feitos de tijolos. Caso você tenha interesse de conhecer mais sobre a história da cidade, pode visitar o palácio público, ele hoje virou um museu: o Museo Civico.

Outro destaque é a Torre del Mangia, uma das mais altas torres da Toscana possíveis de se subir. O ingresso custa cerca de €10 e para chegar no topo são uns bons 500 degraus. Para acessar todas as informações sobre o Palazzo Pubblico, Museo Civico e Torre del Mangia é só clicar aqui. Na praça também está a Fontana Gaia, interessante de parar uns minutinhos para admirar.

IMG_1096
Torre del Mangia, 102 metros de altura de pura belezura rs. Dizem que a vista é linda, eu acabei não comprando o ingresso para conferir.

Outra sugestão um pouco óbvia é o complexo da catedral. A instituição que cuida de todos esses lugares é a OPA (Siena Opera della Metropolitana) e ela oferece combinações de ingressos, de diferentes preços, dependendo daquilo que você quer conhecer. Para entender e ler um pouco sobre cada um dos lugares do complexo é só clicar aqui.

Então o que seria o OPA Si Pass? São tipos de bilhetes que incluem todas ou combinações das atrações do complexo da catedral. Se você pretende visitar, por exemplo, a catedral, a Libreria Piccolomini, a Porta del Cielo, o Battistero, a Cripta, o Museo e o Panorama e Facciatone recomendo que compre o OPA Si Pass pois realmente acaba economizando. Para informações sobre as combinações com preços, clique aqui.

IMG_1105
Indo em direção à catedral…

Comecei a visita pela cattedrale metropolitana di Santa Maria Assunta, essa obra arquitetônica (gótica-romântica do século 12) de tirar o fôlego!

IMG_1147
A fachada absolutamente estupenda!
IMG_1136
O rosa, o branco e os detalhes em preto se unem gerando uma boniteza sem tamanho!
IMG_1140
É uma das memórias mais fortes que tenho.

O interior parece um céu noturno. A cúpula, uma noite estrelada. Colunas com listras de mármore preto e branco decoram o ambiente de forma singular; dentre todas as catedrais que já visitei na Itália essa é, certamente, a que mais me deixou impressionada.

IMG_1118
As listras em preto e branco…

Um destaque especial ao piso: 56 histórias religiosas e mitológicas contadas através do mármore esculpido, utilizando uma técnica chamada “commesso marmoreo. Para saber mais sobre essa obra-prima que é o piso da catedral, aqui tem mais informações e fotos.

IMG_1122
Os sulcos pretos e os esfumados dão forma aos personagens!
IMG_1109
A cúpula e o teto, parecem um céu estrelado.
IMG_1121
As esculturas estão distribuídas pela catedral, várias feitas por Donatello, Nicola Pisano e Michelangelo. O que são esses detalhes esculpidos no mármore?
IMG_1108
Para mais fotos e história da construção da catedral (em italiano), clique aqui.

Agora, o ambiente que mais chamou atenção pela beleza dos afrescos, combinação de materiais e espaço, é a Libreria Piccolomini! O responsável por “pintar” toda essa beleza? Pinturicchio (explica um pouco, né? hehe).

IMG_1128
Sinceramente? Eu nem sabia para onde olhar!
IMG_1133
Um chão de luas, um céu de sonhos. Uma das minhas fotos favoritas!
IMG_1127
Apenas incrível!
IMG_1125
A última, juro! Se quiserem ver mais fotos e ler a história (está em italiano), clique aqui.

Museo dell’Opera: um dos vitrais mais importantes da catedral está hoje no museu, é inegável a beleza da peça. Outras obras artísticas, esculturas e afrescos fazem parte da história da catedral, também. Eu visitei e gostei, diria que vale a pena.

IMG_1154
No final da primeira sala do museu está o vitral.
IMG_1158
Duccio di Buoninsegna foi o autor.
IMG_1163
Detalhe de uma das salas.

Panorama e Facciatone: Lá por 1300 tiveram a ideia de ampliar a catedral e fazer uma nova fachada/entrada. Isso que se vê na foto abaixo é o que chegou a ser construído na época. Os motivos de não ter vingado o projeto foram a peste negra e problemas financeiros. Hoje é aberto a visitação e tem uma vista lindíssima no topo, arrisco a dizer que a mais bela e completa de Siena, na minha humilde opinião.

IMG_1151
Bem no topo do arco dá para ver as cabecinhas de umas pessoas? A vista ali é incrível, de tirar o fôlego! E subir pela estrutura fina do arco também “tira” o fôlego, é super estreito rs!
IMG_1172
Tons terrosos têm meu coração!
IMG_1198
Vista em direção à catedral.
IMG_1225
Janela de um dos arcos vista por outra perspectiva: virando a cabeça rs!

Battistero

IMG_1102
A fachada do Batistério: mármore branco, com detalhes em rosa e preto.
IMG_1253
Lindos afrescos, como em todo resto do complexo da catedral.
IMG_1254
A combinação das pinturas com as listras brancas e pretas aparece novamente…

Quanto tempo para visitar Siena? Eu diria que para conhecer os principais pontos da cidade basta um dia. Mas Siena tem mais a oferecer em relação à gastronomia, comércio, passeios, museus e vida noturna, podendo ser aproveitada durante poucos ou vários dias… Tudo depende do quanto você se sentiu bem e se alinhou com o clima do lugar. Estando de passeio pela Toscana eu recomendo muito a visita justo por ser um lugar com atrações de beleza única, verdadeiramente singulares.

IMG_1290
Andanças pelas ruas…
IMG_1288
Revelam essas belezas pelo caminho.

No final do passeio por Siena me perdi tentando achar a Basilica di San Domenico, uma das mais importantes historicamente da cidade. O episódio eu conto aqui. No fim, foi uma grata surpresa, pois a Basilica di Santa Maria dei Servi se mostrou igualmente bonita de conhecer. Gostaria também de comentar que visito as basílicas e catedrais mais por admirar as belezas e obras, do que por religião. Felizmente elas são registros que não sucumbiram ao tempo e nos permitem entender melhor a história do lugar.

7
Luz de final de tarde…
8
Arredores da Basilica.
IMG_1285
Mais das ruas…

As sugestões, em resumo, são caminhar pelas ruas, comer os doces tradicionais da cidade, conhecer a Piazza del Campo, almoçar algo gostoso (comi uma pizza al taglio ótima mas não anotei o nome do lugar), subir a Torre del Mangia, conhecer o complexo da catedral e se perder pelo centro histórico… No final do dia voltei de trem para Florença, minha cidade base. Acredito que essa seja uma sugestão bacana de passeio por Siena.

Anúncios

2 comentários em “O que fazer em Siena em 1 dia!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s